quarta-feira, 21 de abril de 2010

Brasília 50 Anos

Nossa, fiquei impressionada com a cobertura do aniversário de Brasília pelos jornais por aí. Até os nacionais deram um super espaço pra cidade, e o melhor: sem política. Apoiei completamente a decisão. Eu acho que Brasília merece sim uma comemoração legal, a cidade e as pessoas daqui não merecem pagar por merdas de políticos.

Mas bem, resolvi escrever esse post para dar a minha visão de Brasília. Mulher, caucasiana, nerd, preguiçosa, sem carro, moradora do Plano Piloto, de classe média alta (pros padrões brasileiros).

Começando com a Brasília de dia. Um lugar que vale a pena conhecer é a UnB (sem brincadeira), lá é onde unem-se as criaturas mais bizarras da cidade, é onde você vê a diversidade dos jovens daqui. Tem hippies, playbas, indies, gays, politizados, nerds, enfim... todos. Outro lugar divertido (e também multicultural) é o Conic, é basicamente o centro descolado da cidade. Tem buteco pé-sujo, sex shop, igreja evangélica e loja de quadrinhos convivendo pacificamente, um exemplo e entretenimento para (quase) todos os gostos.

De dia ainda são boas opções o parque da cidade e o Zoológico, ainda que mais voltados para crianças. Divertido ir no Nicolândia e pensar que você será arremessado fora do Barco Viking a qualquer momento ou então torcer pela macaca Capitu correr atrás de seu amor enquanto você assiste os macacos de uma distância antiarremesso de cocô.

De noite a UnB, na minha sincera opinião, ainda é o melhor lugar para ir. É no Centro Comunitário que tem as melhores festinhas daqui: música boa, ESPAÇO, ar e pessoas diferentes. Baladas tem muitas, de vários estilos diferentes, mas parece que o pessoal insiste em sempre bater na mesma tecla. É ruim também para quem só gosta de um tipo de música, porque pode limitar, mas é legal ter opções. Acho que os nightclubs daqui  que eu já fui e gostei bastante foram no Caribeño, LandscapeUK. Um de músicas "dança de salão", outro alternativo (aka gótico, indie, gay, rockabilly) e o último com uma pegada mais rock. Deu pra entender a pluralidade né?

Os bares aqui sào legais também, de uma maneira bem geral. O único problema é o "toque de recolher", que faz com que os bares fechem 2h. Muito cedo. É legal procurar os temáticos, como o medieval Mittelalter (nunca soube escrever) ou os com cardápios que saem do comum, como o bar das cachaças, Água Doce. Ou sempre há a opção de aproveitar uma dose dupla  de chope numa steakhouse. Sào muitas opções se você tiver carro e disposição, aliás, carro é uma coisa muito necessária por aqui, pois o transporte público praticamente inexiste e táxis são caros.

A opçào da madrugada fica a cargo das sinucas, sempre lotadas nos fins de semana. É um ambiente divertido mesmo para quem tem medo de encarar a mesa redonda ou para quem não joga nadinha. A bebida é baratinha e a música normalmente é boa. Eu particularmente tenho um problema com cigarros, mas dá para v iver. E depois de tudo, para amanhecer o dia é só compar um dog com pasta de alho (essencial) e ir para o aeroporto ou para a Esplanada dos Ministérios ver o dia amanhecer.

Essa é um pouco da minha Brasília. A cidade quase sem chuvas e com um sol do inferno mais querida. É só colocar o protetor solar, o óculos escuro, casaco e guarda-chuva (dependendo da estação) e aproveitar.

PS: Foto tirada por mim mesma



Top 5 de coisas muito brasilienses:
1. Cigarras, muitas cigarras
2. Prédios com concreto aparente ou brancos
3. Cachorro-quente com pasta de alho
4. Tesourinhas e balõezinhos
5. "Véi..."

4 comentários:

V. disse...

Você esqueceu de botar no Top 5 os prédios estranhos estilo Corporação Cápsula. http://images3.wikia.nocookie.net/dragonball/es/images/4/4a/CapsuleCorp.jpg



Mas realmente, tem cigarra PARA CARALHO aí. 8D

Ligia Borges disse...

Querida,

passando aqui pelo Pamonha, belo post sobre a nossa Brasília... Realmente a UnB é maravilhosa...saudades saudades!!!!
As festinhas no centro comunitario enfrqueceram dps q saimos de lá, ou será que somos nos que estamos mudando de gostos?hahahahha, enfim talvez não tenha dado mt sorte na última vez q passei por lá...bjs bjs

Bruno Sapo disse...

Ouw, MTO TEMPO sem passar por aqui! Mas estava afastado do meu blog também!

Adorei esse post de Brasília. Foi uma bela defesa dessa maravilhosa cidade!

Beijão!

Jordan Secaff disse...

Olá, tudo bem? De quem é o crédito da imagem? Gostaria de usá-la num poema que fiz e referenciar o autor. É possível? Agradecido.